Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tem juízo, Joana!

Entre o certo e o errado, o perdido e o achado, o dito e o não dito, encontros e desencontros, da pequenez à plenitude, entre a moralidade e a indecência. Se tenho juízo? Prefiro perdê-lo…

Entre o certo e o errado, o perdido e o achado, o dito e o não dito, encontros e desencontros, da pequenez à plenitude, entre a moralidade e a indecência. Se tenho juízo? Prefiro perdê-lo…

04
Jan24

Um conto infantil


Na cozinha virada do avesso, estava ela a preparar das suas… era o hábito! Acordava, arranjava-se e ia preparar refeições mágicas.

Aquela era a assoalhada com mais artefactos a voar, temperos dançantes, utensílios cantores… uma desarrumação engraçada! Chamavam-na bruxa da cozinha, porque fazia refeições com poções mágicas que resolviam problemas.

Arroz de pato feliz, para dar a quem estivesse triste; Bacalhau à gomes sábio, oferecia sabedoria a quem o degustasse; francesinha marota, fazia rir quem a pusesse na boca; curanzido à portuguesa para curar os enfermos; entre outros…

Cozinhava-os auxiliada pelo fantasma do saco - amigo de infância e funcionário naquela cozinha há mais de 20 anos a assustar temperos.

Certo dia bateu-lhe à porta Aurora, a lagartixa:

— Sra. Bruxa da cozinha, estou perdida! Preciso de uma refeição rica em sei lá o quê para que me possa encontrar! Não sei quem sou! — choramingava a lagartixa, vizinha do segundo direito.

— Querida, não tenho prato que te possa ajudar… — respondeu-lhe a bruxa esfregando o queixo à procura de soluções. — Oh Gustavo! — chamou o fantasma — Como podemos ajudar a Aurora?

O fantasma ficou pasmado com o aspecto triste e sem cor da lagartixa… começou a olhar os temperos da bruxa e gritou:

— Uma mistura de pratos?!

A bruxa, num salto, lembrou-se da receita antiga guardada há gerações no seu livro de receitas mágico! Aproximou-se dele e abriu no separador dourado que nunca deixava ninguém tocar, nem mesmo o Gustavo, por quem sentia enorme amizade.

— Roupa velha… — palreou entre dentes a bruxa — roupa velha…

— O quê? — perguntou o Gustavo, mandando entrar a Aurora para se sentar à mesa.

— O prato mais difícil de fazer e mais antigo de todos os tempos! — cantarolou bruxa.

Num tacho começou a atirar os ingredientes lá para dentro e a cantar orações que ninguém compreendia. Gustavo e Aurora observavam-na surpresos com a genica da velha bruxa.

— Bruxa, mais devagar que ainda te cansas! — pedia o Gustavo preocupado com a sua amiga e patroa. - Mas afinal, que ingredientes mágicos tem a roupa velha?

A bruxa concentrada, foi-lhe respondendo à medida que ia cozinhando:

— Aqui, neste tacho, vou por autoestima aos cubos, um quilo de amor-próprio cozinhado em lume brando, juntamente com tolerância, até deixar lourar… depois… — continua, a tentar lembrar-se do que aprendera em miúda com a sua avó bruxa — depois acompanhamos com quatrocentos e cinquenta gramas de empatia, marinada num litro de compaixão. Ah! E… falta-me… — a bruxa tentava recordar-se — o ingrediente mais importante… é… é… ah! Cá está! Adicionam-se os temperos com uma pitada de fé!

Aurora e o Gustavo observavam-na incrédulos, o cheiro que pairava era fantástico e formava-se um arco-íris por cima do tacho.

Terminado o cozinhado, deu-o de comer à lagartixa. Ela lambuzou-se, repetiu e ainda lambeu a fé que lhe sobrava nos dedos.

Minutos depois, a lagartixa começou a ganhar cor, declamava poesia enquanto agitava a cauda feliz e os olhos brilhavam de amor.

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim:

Segue-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Calendário

Janeiro 2024

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D