Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Tem juízo, Joana!

Entre o certo e o errado, o perdido e o achado, o dito e o não dito, encontros e desencontros, da pequenez à plenitude, entre a moralidade e a indecência. Se tenho juízo? Prefiro perdê-lo…

Entre o certo e o errado, o perdido e o achado, o dito e o não dito, encontros e desencontros, da pequenez à plenitude, entre a moralidade e a indecência. Se tenho juízo? Prefiro perdê-lo…

26
Ago20

Nações irmãs- rótulos e preconceitos - live


239E3298-D61C-45FA-AFC8-4BA851C9A67C.jpeg

O mundo da escrita, trouxe-me muitos amigos. 

Vitor Martins, foi um deles, autor da página Em minhas Entrelinhas no instagram. Em conjunto, tivemos esta ideia de debater num texto em parceria os rótulos existentes dos emigrantes portugueses no Brasil e dos emigrantes brasileiros em Portugal.

Iremos conversar abertamente sobre o tema, num diálogo sem barreiras, entre dois amigos de nacionalidades diferentes mas com muita história em comum.

Esta conversa terá lugar no Sabádo pelas 22h (hora de Portugal) e 18h (hora no Brasil) num directo via Instagram, na minha página de instagram (Temjuízo_Joana) ouna página (Em minhas entrelinhas).

Esperamos por vocês por lá, para nos ajudarem a desmistificar este tema!

Até lá,

Beijinhos a todos!

 

Com juízo,

Joana.

07
Jun20

All lives won't matter


... Until black lives matter

 

Antes de todas as vidas importarem, todas têm significado.

É um sofrimento que não se vê.

Uma discriminação disfarçada de sorrisos amarelos e desculpas, mas que existe. Existe, sentindo-se, sem se ver. Sentem-se nos entreolhares, nos silêncios, nos actos à socapa, nas expressões que ficam no ar. Sentem-se nas peles negras, sem se fazer notar pelos que não sofrem dela. 

Um racismo silencioso, que sussurra ao mundo, mesmo enquanto grita em muitos corações.

Teremos de apagar com corretor e lixivia a história, a história do mundo, para que o preconceito se dissipe e queime essas raizes tão profundas, já podres, fartas de se saberem erradas. Teremos de arrancar partes cerebrais desprovidas dos sentimentos de igualdade na cor, teremos de desinfectar os corações dos demais e punir... Punir quem não sabe ser humano. E quem não sabe que o ser humano tem vários tons. Tons de pele, simples assim como, tons de voz.

Desenraizemos deste sistema para que todos sejamos olhados por igual. Tratados por igual.

Por um futuro, onde a vida é vivida por igual!

 

 

Mais sobre mim:

Segue-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Calendário

Agosto 2022

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D