Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Tem juízo, Joana!

Entre o certo e o errado, o perdido e o achado, o dito e o não dito, encontros e desencontros, da pequenez à plenitude, entre a moralidade e a indecência. Se tenho juízo? Prefiro perdê-lo…

Entre o certo e o errado, o perdido e o achado, o dito e o não dito, encontros e desencontros, da pequenez à plenitude, entre a moralidade e a indecência. Se tenho juízo? Prefiro perdê-lo…

25
Abr24

Fragmento


Espelho quebrado,

Dos cacos ao todo

És pedaços, nada

És tudo junto, separado

Espelho meu,

Espelho meu,

Haverá tantos cacos quanto os meus?

Estaladiços de ser

Sou fratura

Partida, fugida, perdida

Ida, ida sem volta

Ou volta sem ida.

24
Ago23

Meu querido mês de agosto


Meu querido mês de agosto,

Sempre foste eloquente, aprazerado, vivaz! Brônzeas as minhas pessoas preferidas e, piscas-me o olho, porque, pesado numa balança, possuis tanto de comprimento, como de encantador!

 

Este ano caiu-te a máscara e foste o ladrão da minha paz. O calor abrasou-me e os fogos que por ti deflagraram… um insulto à mãe natureza!

No teu caminhar, defraudaste-me o movimento, um crescer enérgico tapou-me a vista para os dedos dos pés.

Hajam medos!

 

Mas continuas vigoroso, espontâneo e simples… A dar-me extemporâneos sorrisos!

Meu querido mês de agosto,

Continuas a ser o mês que mais gosto!

👉 um desafio do clube de leitura de Analita Santos 

16
Mar23

(Per)feito


O frio geme delicadamente nos ossos, 

como quem se arrepia nos confins de um orgasmo,
é no seu balançar que me calo, no sorriso capilar, no espasmo,
nos sangues que nos agasalham,
(Per)feitos nas mesmas medulas, mas aos avessos.
E é per capita, per derme, per hélice e vértice, per arestas
por dor, prazer, por deleites que nos tremem, que nos chocalham,
que nos (per)fazem nas fronteiras de cada existir.
Somos fruto de amores aos defeitos, remendos do nosso florescer,
germes que copulam nas papilas gustativas do sorrir,
libélulas desenfreadas nas nébulas de uma avalanche por acontecer.
(Per)doa-me a vontade que mora nas grutas da fantasia,
e voa comigo nos céus da ventura,
roçaremos o arco-íris noturno, despojados de arma ou armadura,
faremos amor nos lagos glaciais da eternidade, ao ritmo da ventania
germinada pelas hélices de um helicóptero.
Se formos para ser, que sejamos (per)feitos
Entre o universo e as galáxias, uma flor e o Amazonas, uma gota e o mar…
Embaraça-te comigo,
Faz cotão das minhas hormonas
Emaranha-te em mim, suicida-te no meu respirar, no ondular do peito,
Toca-me, profundamente, sem pudor, para lá da carne, da alma,
num local que é meu e teu, onde o tempo para, e tudo é paz, calma,
um local, amor, sim, um local execrável, para os demais, contudo,
centelha do meu abismo, para nós…
é subliminarmente per(feito)


🙌🏻Um poema a duas mãos, com o meu querido Carlos Palmito

01
Out22

A 8.ªedição da revista Aorta já está disponível


E sabes que mais? Está emocionante!

Cada vez mais o tempo é uma ferramenta preciosa, por isso, se te peço para usares um pouco do teu para sentir o pulsar da nossa Aorta, é porque vale MUITO a pena!
👌🏼 Os artigos são interessantes, os entrevistados incríveis e uma literatura que merece um mergulho de cabeça!

 

🫀 Então, acede à revista aqui.

OU vai ao LINK NA BIO da @aorta.revista ➡️ acede a “nosso site” ➡️ e atira-te à 8.ª edição deste projecto que para além de alma, leva amor. 🫀

A minha coluna - intercâmbio - teve a honra da presença da inspiradora Lisa Lynn Ericson (@lisalynnericson ). Uma escritora que vibra os fados portugueses, numa simplicidade cheia de histórias não vividas por ela, mas escritas pelas suas mãos.

👉🏻Estamos na página 50, venham conhecer-nos!

❣️ Se não for pedir de mais, gostava muito que apoiassem também aquilo em que acredito: a Aorta - revista literária e PARTILHASSEM o nosso trabalho para podermos chegar a mais mundos, tanto nós, como os nossos excepcionais convidados!

Beijinhos, beijinhos e… tenham juízo! 🙏❤️

Mais sobre mim:

Segue-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Calendário

Junho 2024

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D