Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Tem juízo, Joana!

Entre o certo e o errado, o perdido e o achado, o dito e o não dito, encontros e desencontros, da pequenez à plenitude, entre a moralidade e a indecência. Se tenho juízo? Prefiro perdê-lo…

Entre o certo e o errado, o perdido e o achado, o dito e o não dito, encontros e desencontros, da pequenez à plenitude, entre a moralidade e a indecência. Se tenho juízo? Prefiro perdê-lo…

18
Abr22

Caderno poético


E49AEADA-7870-4DCE-A591-3C4796A60B94.jpeg

Pois é… um sonho tornado realidade ☀️
.
Foi através do querido @alexbrito.oficial que surgiu o convite para fazer parte desta casa, cheia de talento e qualidade, o qual imediatamente aceitei, sem perceber se estava à altura do desafio ou não.
.
Hoje, estou muito feliz com o resultado, por mais uma etapa conseguida.
.
O Caderno Poético é um projecto da Corallina Confraria Literária e traduz-se num espaço para a arte, literatura e, claro, poesia. Com vários colunistas criativos e empenhados em levar a sua voz poética e literária mais longe, além fronteiras!
.
Para mim, tem sido uma aventura, mas acima de tudo, uma honra e um orgulho partilhar este espaço com eles. Sou-lhes eternamente grata pela confiança que depositaram em mim.
.
👉🏻O Caderno Poético é uma #revistavirtual que poderás descarregar no LINK DA BIO da Corallina Confraria Literária] 👈🏻 

Ou descarregar aqui

17
Jan22

Fode-me com poesia


106647C5-0504-43F9-9B26-CF00E31B67D9.jpeg

Dá-me guarida,
dá-me a tua pele manchada de versos,
o calor do teu abraço emersos.
Dá-me o vento, que soprou do interior da tua boca, entre os teus lábios e me sussurrou:
“Quero-te toda!”
Dá-me a firmeza de que me queres, fazer do meu corpo poesia, que queres-me a alma noite e dia.

Traço versos em sua pele
Dito rimas com minha língua na sua
Nosso fôlego é estrofe e suspiro
Nosso desejo é impuro e lírico.
Sussurro poesia na orelha e pescoço
Meu prazer é louco
Mas somos poeticamente compatíveis.

Mas, dá-me tudo!
Faz do meu corpo, uma ode,
Grita a fome de me comeres
Dá-me o rio de tesão que te nasce entre as pernas,
Inspiração.
Declama que me queres inteira, de dentro para fora.
Lambe-me o corpo todo
Como quem o todo deseja e da essência se enamora
Deixa-me a pele roçada, já abundante de te ter
Sê o poeta que me quer
E dá prazer

Na minha boca tu é musa eterna
Deliro no sabor viciante entre suas pernas
Seu gozo é poesia e tu me faz poeta
Transamos com versos e rimas concretas
Nos perdemos no prazer que é se sentir satisfeita e completa
Eu me delicio com a sua rima
E você fode-me com poesia

 

.

poema a duas mãos: Joana, sem juízo e Cacá Matos através do seu pseudónimo @caroline.sales19

19
Dez21

Palavreando


É um entusiasmo que vem de dentro,
Numa luz que brilha ofuscante,
Aquece os meus mil e um corações
Pairando numa euforia tão envolvente.

Nas labaredas de um inferno apaixonante,
Fiz-me brasa de um amor sem fim.
Regozijo de infinitos girassóis
E um amor que vivo só para mim.

Loucamente "eu te amo"
Meramente mentira
Quantas vezes ouvimos isso
Mas não prova o tamanho amor
Que demostra na suas falas....

Em suas falas
Pouco sentido
Muito ouvido
Mas pouco vívido....

 

Em parceria com : Klismann Yago

21
Set21

Um post!


0B05BC10-43E7-4898-9561-EF2771F63865.jpeg

ʚ Aquela pressão de fazer um post sem ter nada sobre o que escrever... Sabem?

Ahhhh, mas não te vás embora daqui, tenho tanta coisa para te contar!

ʚ Vem comigo, que tenho de escrever um post!

"Ganha juízo, Joana!", já dizia a minha mãe. Mas qual? Onde vou buscar disso? 

Tenho o cérebro a dar um nó e ainda nem uma palavra de jeito escrevi.

Vamos lá, querida noz, aí em cima, por baixo dessa grande cabeleira despenteada, põe-te a trabalhar, dá-me um tema importante, um tema urgente!

Há regras para cumprir, tempos para acertar, criatividade para extrair e... Puff!

ʚ Pressionada por fazer um post, para vocês não me fugirem, para não se esquecerem de mim. Pressionada por fazer um post com sentido, com princípio, meio e fim. Pressionada por fazer um post segundo as novas dicas do curso de escrita criativa. Fazer um post importante, que vos faça ficar por perto. E no fim, que vos trago hoje? Absolutamente nada! Têm dias assim? 

ʚ Quero acreditar que, desse lado existe quem realmente goste de me ler, que se conecte comigo, que sinta da mesma forma que eu, mesmo quando as palavras me fogem para conseguir chegar até vós.

"Para quê ter juízo, minha mãe?", se este mundo anda louco como eu!

 

P.S - Perder tempo a ter juízo? Prefiro perdê-lo!

P.S nº2 - E depois demorar um pouco para o encontrar! 

 

Mais sobre mim:

Segue-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Calendário

Agosto 2022

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D