Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Tem juízo, Joana!

Entre o certo e o errado, o perdido e o achado, o dito e o não dito, encontros e desencontros, da pequenez à plenitude, entre a moralidade e a indecência. Se tenho juízo? Prefiro perdê-lo…

Entre o certo e o errado, o perdido e o achado, o dito e o não dito, encontros e desencontros, da pequenez à plenitude, entre a moralidade e a indecência. Se tenho juízo? Prefiro perdê-lo…

21
Jan23

La vai ela…


Lá vai ela ao vento a pairar sobre lufadas de ar. Da cor de terra seca, aquela folha desprendeu-se do galho descendente do monumental e antigo Carvalho da Avenida. Não é simétrica e perdeu o aveludado, tornando-se estaladiça em virtude do pouco alimento. Desidratou, morreu e soltou-se ao vento. Está frio e uma aragem gélida, mas suave, que a vai empurrando para adiante, quando mais intensa, também a faz rodopiar, exibindo os seus contornos irregulares, com estreitos cortes quase até à nervura. Gira em torno do seu pedúnculo, numa dança com o vento, até se deixar cair silenciosamente na calçada.

-------

Um desafio proposto por Carlos Palmito: "sou uma folha ao vento, vejam como plano" tenta imaginar a cena e em narrador terceira pessoa descreve tudo o que conseguiste ver.

04
Dez22

O barman


Lá vem ela pedir novamente o seu vodka gingerel com aqueles olhos castanhos escuros expressivos, a condizer com a sua alegria contagiante e o sorriso que a acompanha para todo o lado.

Tem um humor característico, que segue todas as suas deixas, carregando o ar com um aroma nectarino de brincadeira.
Uma inocência que gosto de voltar a sentir, por tão transparente que é, tanto consigo ver o entusiasmo, como consigo sentir-lhe a amargura.
Gosta de sabores ácidos, mas aparenta uma alma tão doce, como se vivesse com uma criança dentro.
Talvez os sabores fortes, intensos a álcool, façam pandã com a sua personalidade vincada, de pêlo na venta, tal qual como o nariz arrebitado que se alteia cada vez que fala, para atestar a sua altivez e descortesia.
O cabelo volumoso, de caracóis rebeldes, revelam a sua independência e os lábios carnudos, a sua sensualidade.
Cada vez que a sirvo sinto uma energia carismática, tão atrativa, que é impossível resistir-lhe e não me deixar pousar-lhe o olhar por uns segundos.

———
👉🏻 um desafio proposto porCarlos Palmito, meu amigo e excelente escritor. Entre 100 a 200 palavras, descrever, sob a perspetiva de um barman, a minha pessoa, depois de lhe pedir uma bebida.

11
Set22

De que destino falo?


As ruas eram velhas, edifícios pequenos mas coloridos, de um colorido berrante, quase percorrendo um arco-íris rua fora. Apesar da cor, não destoavam da antiguidade presente na atmosfera, alguns até em ruínas amontoavam-se na imagem caduca de tempos percorridos por guerras civis, dissonante do povo de festa, quente e alegre. As peles morenas, os bigodes farfalhudos, de indumentárias floridas ou camisas brancas, este povo fazia música em cada canto da cidade. Passeavam-se em carros antigos, Cadillac, Chevrolet, Ford, Buick, resquícios que ficaram da revolução comunista. Estes, também de cores berrantes, atravessavam a cidade, dando-lhe um toque vintage requintado, numa cidade repleta de recordações de guerra, estátuas dos revolucionários, marcas de duras batalhas e museus que sobrevivem de todo o arsenal utilizado na época.
Ruelas de alpendres alargavam-se em pequenas praças, ora de música, ora de comércio. Negociavam-se charutos, artesanato, rum, instrumentos musicais e comida típica, tudo quase na mesma bancada, sem qualquer distinção.
Ao longo de uma bonita costa de mar rebelde azul turquesa, ergue-se Havana, a cidade que vive animadamente o presente, mas com uma paisagem ilustrada de passado.

——
👀 Conseguem adivinhar a que destino pertence esta descrição? 

 

Mais sobre mim:

Segue-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Calendário

Junho 2024

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D