Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Tem juízo, Joana!

Entre o certo e o errado, o perdido e o achado, o dito e o não dito, encontros e desencontros, da pequenez à plenitude, entre a moralidade e a indecência. Se tenho juízo? Prefiro perdê-lo…

Entre o certo e o errado, o perdido e o achado, o dito e o não dito, encontros e desencontros, da pequenez à plenitude, entre a moralidade e a indecência. Se tenho juízo? Prefiro perdê-lo…

13
Out21

Agridoce


F6DD481C-02F2-4373-9A97-62B4D2BDA615.jpeg

E, como na vida, este sabor reporta-me para a mistura agridoce intrínseca, pois todos nós levamos dentro uma mistura inquietante de bem e de mal, de doce e salgado.

Todos nós conhecemos a felicidade e o amor, mas, por vezes, escolhemos estar tristes e angustiados. Sabemos ser honestos e sinceros, como na mesma frase, lançamos uma mentira e somos hipócritas.

E está tudo bem! Neste universo de bipolaridade cósmica, há que conhecer e experienciar o mau, para saber usufruir do bom. Afinal, o salgado e o doce também existem sozinhos.

Dos meus sabores de eleição, somos essa mistura complexa e inconstante. Do prazer à tortura, somos o que escolhemos ser nos contextos onde estamos inseridos.

Como o agridoce, somos esse mesmo equilíbrio, utilizamos essa sensação de forma inteligente para acrescentar valor culinário a um prato. Transportando essa aglutinação entre o bem e do mal para a nossa jornada e Eu interior, conseguimos, com sabedoria, utilizá-la de forma positiva.

E, reparem como o agridoce se pode comprovar numa das melhores experiências gastronómicas!

Imagem por: @stella_maria_gaspar

 

09
Out21

Paz dominical, por Cacá Matos


B736D2ED-E7C8-45F9-8F34-80373E5EE20C.png

Sem preocupações. Sem estresse. Sem problemas pra pensar.
Apenas o sol iluminando o céu e o parque. Árvores por todos os lados.

A paz dominical se instalando na alma e no meu espírito. E o quanto é lindo tudo isso!

Às vezes é preciso parar. Estacionar. Respirar fundo. Recalcular. Replanejar. A pressa traz a pressão que não nos deixa raciocinar.
Viver no automático não é nada vantajoso para quem deseja uma vida plena e bem vivida.
Se tudo estiver desmoronando, pare. Respire. Você está vivo.
Pode tentar de novo. Veja que bonita é a paisagem ao seu redor.
Valorize a simplicidade.
Deixe a paz invadir os seus pulmões e o seu coração.
 
Por: caca_matos, @poetisa_sentimental96

 

03
Out21

Pediram-me para falar de Amor


Eu falo de Amor, mas falo de um Amor que não é o amor que se fala por aí.

O que eu acho ser Amor vai mais para além das barreiras egocêntricas de um amor a “pares”. Confundem-no com o amor romântico, o das películas de um romance, mas não é. Este amor, que me pediram para falar, cheira a maresia, é mais do que o desejo entre corpos, é mais do que a atração química de almas, é uma maresia que se inspira e nos invade todas as células do corpo. Eu explico-vos o que é o Amor.

Quem espera amor, amor terá de ser. Para sermos amados, amáveis temos de nos tornar. E ser amável não é procurar o Amor, mas sim encontrá-lo. Onde? Em nós.

Teremos de ser essa maresia altruísta, de um amor universal que aceita todos os seres do jeito e com a liberdade de que são feitos.

Ser amor é saber amar em qualquer circunstância. É dar espaço para ser, saber ser sozinho, saber amar sozinho, o amor próprio, sabem? Depois de ouvir todas as células do nosso corpo, depois de amar todos os contornos da nossa alma, estamos capazes de amar reciprocamente.

Este amor que trago hoje é um aliado ao crescimento individual e ao do outro.

É um de um Azul-turquesa gentil, feito de sorrisos no coração, mas nunca perdendo o seu próprio sorriso. Ele é disciplinado e suave. Dócil e astuto. Empático e mentor.

É saber ser uma extensão do outro, sem nunca perder a identidade.

É um elo ao desenvolvimento espiritual. Amar é ter prazer e ser colaborante no desenvolvimento positivo e individual do outro.

Só isso poderá ser Amor. Porque o verdadeiro Amor não cabe em 4 paredes de uma relação, não sabe estar entre os limites do nosso ego. Amor é tão mais que isso. O Amor é uma religião. A minha religião. Mas há religião que seja nada mais do que Amor? Ter fé que o Amor está na base de todos os valores morais da humanidade? É reconhecer o outro como uma parte integrante deste mundo, que tivemos a graça de encontrar e, por isso, de poder respeitar, de poder amar como tal, como tão simplesmente é.

O Amor que vos descrevo hoje, é o Amor, o único, em que acredito.

21
Set21

Um post!


0B05BC10-43E7-4898-9561-EF2771F63865.jpeg

ʚ Aquela pressão de fazer um post sem ter nada sobre o que escrever... Sabem?

Ahhhh, mas não te vás embora daqui, tenho tanta coisa para te contar!

ʚ Vem comigo, que tenho de escrever um post!

"Ganha juízo, Joana!", já dizia a minha mãe. Mas qual? Onde vou buscar disso? 

Tenho o cérebro a dar um nó e ainda nem uma palavra de jeito escrevi.

Vamos lá, querida noz, aí em cima, por baixo dessa grande cabeleira despenteada, põe-te a trabalhar, dá-me um tema importante, um tema urgente!

Há regras para cumprir, tempos para acertar, criatividade para extrair e... Puff!

ʚ Pressionada por fazer um post, para vocês não me fugirem, para não se esquecerem de mim. Pressionada por fazer um post com sentido, com princípio, meio e fim. Pressionada por fazer um post segundo as novas dicas do curso de escrita criativa. Fazer um post importante, que vos faça ficar por perto. E no fim, que vos trago hoje? Absolutamente nada! Têm dias assim? 

ʚ Quero acreditar que, desse lado existe quem realmente goste de me ler, que se conecte comigo, que sinta da mesma forma que eu, mesmo quando as palavras me fogem para conseguir chegar até vós.

"Para quê ter juízo, minha mãe?", se este mundo anda louco como eu!

 

P.S - Perder tempo a ter juízo? Prefiro perdê-lo!

P.S nº2 - E depois demorar um pouco para o encontrar! 

 

Mais sobre mim:

Segue-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Calendário

Outubro 2021

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D